Desenvolvimento da Região Norte

• Discussão para a criação da Amacro. A CNA debateu com a Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia (Sudam), os desafios na implementação da Zona Especial de Desenvolvimento Sustentável nos Estados do Amazonas, Acre e Rondônia, denominada Amacro, e a utilização dos recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Norte (FNO), visando fomentar um conjunto de ações para promover a sustentabilidade ambiental na região. As ações para implantação da Amacro serão complexas, sistêmicas e multissetoriais, e o objetivo é levar o desenvolvimento socioeconômico para a população, já que 44% dos municípios da região possuem baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH).

• Acesso ao crédito. A CNA trabalhou junto à Sudam e o Banco da Amazônia (BASA) para dirimir as principais dificuldades que os produtores rurais estão enfrentando nas contratações de crédito rural com recursos do Fundo Constitucional de Financiamento da Região Norte (FNO). Além disso, as federações solicitam o fortalecimento de cooperativas de crédito na região Norte, por meio do repasse de parte dos recursos do FNO.

• Regularização ambiental na região Norte. A CNA apresentou as estratégias para avançar com a análise dinamizada do CAR nos Estados da região Norte, através da plataforma do AnalisaCAR. De acordo com o Serviço Florestal Brasileiro (SFB), Amapá foi o primeiro estado que teve a plataforma implantada. O objetivo da análise dinamizada é validar os dados do CAR para o produtor realizar a regularização ambiental de sua propriedade e ter acesso aos benefícios, como a implantação do Programa de Regularização Ambiental (PRA) e o Pagamento por Serviços Ambientais (PSA).